• Wiliam e o Mundo

Alemanha oferece bolsas de estudo para pós-graduação de até três anos


Via economia uol/ Estudar Fora


O DAAD (Serviço Alemão de Intercâmbio Acadêmico, na sigla em alemão), um programa alemão de bolsas internacionais, está com inscrições abertas. As oportunidades são para estudantes de mestrado e doutorado concorrerem a bolsas de estudo na Alemanha com duração de um a três anos.


O DAAD Helmut-Schmidt, programa de políticas públicas e boa governança, tem como objetivo apoiar futuros líderes em países em desenvolvimento que atuem na promoção da democracia e justiça social. Financiado pelo Ministério das Relações Exteriores da Alemanha, a iniciativa oferece bolsas de estudo para quem quer realizar um mestrado com foco na promoção de desenvolvimento social, político e econômico no país de origem. Podem se inscrever graduados das áreas de ciências políticas, direito, economia e administração. As bolsas de estudo incluem um subsídio de 861 euros (R$ 5.357) por mês, subsídio para a viagem e moradia, além de seguro-saúde. Os programas são oferecidos em inglês e alemão.


Os critérios de seleção para as bolsas incluem:

- Grau de ensino superior obtido com resultados acima da média (entre o primeiro terço das melhores notas);

- Certificados de idioma (os requisitos variam dependendo do curso);

- Envolvimento político e/ou social é considerado uma vantagem;

- Provas de estágios e/ou experiência profissional também são pontos positivos;

- Um relato conclusivo da motivação acadêmica e pessoal do candidato para o esforço de estudo na Alemanha e motivos da escolha;

- Um relato sobre as perspectivas do candidato ao retornar ao seu país ou região de origem.


A documentação deve ser enviada em inglês ou alemão. Confira a lista completa, todos os critérios de seleção e inscrição para as bolsas neste link. Interessados devem se inscrever até o dia 31 de julho.


Alunos de diversas áreas podem se inscrever nas bolsas Development-Related Postgraduate Courses (EPOS). As oportunidades disponíveis são para as áreas de ciências aplicadas, artes e humanidades, negócios e direito, educação e língua, engenharia, ciência natural e ciências sociais. O objetivo do programa é promover o desenvolvimento através da formação de estudantes e profissionais capacitados em países emergentes e recentemente industrializados. As bolsas são uma oportunidade desses alunos aproveitarem um bom treinamento e construírem uma rede de parceiros internacionais. A lista completa de cursos oferecidos está disponível aqui.


Podem se inscrever graduados com, no mínimo, dois anos de experiência profissional. Para candidatos ao mestrado, a ajuda de custo é de 850 euros (R$ 5.288). Para doutorado, o auxílio é de 1.200 euros (R$ 7.466). Além disso, os contemplados receberão seguro saúde, auxílio viagem e 230 euros (R$ 1.431) para auxílio em pesquisa. A bolsa também inclui um curso preparatório de alemão na Alemanha com duração de seis meses.


Para interessados, veja a lista de documentos e formulários exigidos aqui. Inscrições devem ser feitas até dia 31 de agosto. Os candidatos devem preencher os seguintes requisitos:

- Trabalhar para uma autoridade pública ou uma empresa estatal ou privada de um país em desenvolvimento;

- Ter como objeto atuar na área de desenvolvimento tecnológico, econômico ou social;

- Não ter morado na Alemanha nos 15 meses anteriores ao prazo de inscrição;

- Para cursos de alemão, ter níveis de fluência DSH 2 ou TestDaF 4 antes do início do curso de estudo.


Para participar do curso preparatório de alemão, os candidatos devem ter um nível mínimo de B1 no momento da inscrição. Para cursos em inglês, é necessário apresentar certificado IELTS (Banda 6) ou TOEFL (pontuação mínima: 550 em papel, 213 em computador, 80 em Internet).



O texto "DAAD: bolsas de estudo para a Alemanha com inscrições abertas" foi originalmente publicado no portal Estudar Fora, da Fundação Estudar.

3 visualizações0 comentário