top of page
  • Wiliam e o Mundo

Concerto de Música Equatoriana em Brasília



O Auditório Plínio Marcos se encheu de música equatoriana na noite de terça-feira, 8. O concerto, patrocinado pela Embaixada do Equador, por ocasião da celebração do seu Dia Nacional, foi organizado com a participação dos diretores da Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Claudio Santoro, maestro Claudio Cohen e da Orquestra Sinfônica Nacional do Equador, Hernán Vásquez.

Maestrina Lorena Suárez e o Apresentador Wiliam Gsaint

A maestrina Lorena Suárez, Diretora Orquestral Equatoriana, conduziu a Orquestra Sinfônica brasiliense e apresentou melodias que são reflexos da nacionalidade equatoriana. Foram apresentados ritmos e sons desde a era pré-colombiana.


O programa incluiu o poema sinfônico Rumiãhui, de Álvaro Manzano; Suite Ecuatoriana, de Segundo Luis Moreno; Andarele, um mosaico musical da província costaneira de Esmeraldas; e melodias do repertório popular como Nuestro Juramento, de Julio Jaramillo; Cumbia chonera; Vasija de barro e um mosaico de "bombas", música afro-equatoriana.


Música brasileira no Equador


As Orquestras Sinfônicas do Teatro Nacional Claudio Santoro e a Nacional do Equador, preveem, a apresentação, no próximo ano de um Concerto de Música Brasileira, clássica e popular, interpretado pela Orquestra Sinfônica Nacional do Equador, com a condução do maestro Claudio Cohen como diretor convidado.




*informações da Embaixada do Equador no Brasil

Commentaires


bottom of page