• Wiliam e o Mundo

Disciplina e Tecnologia tornaram Taiwan um exemplo a ser seguido no mundo


Foto: Unspash

Via Embaixada de Taiwan no Brasil


Taiwan é considerado um exemplo de combate ao novo coronavírus em todo o mundo. Em meados de abril de 2021, com apenas mil casos confirmados e onze mortes, Taiwan atingiu a ampla aclamação internacional por sua excelência antipandemia, levando a Bloomberg News a nomear o presidente Tsai Ing-wen como uma das 50 pessoas mais influentes do mundo.


A ilha, que tem cerca de 23 milhões de habitantes, nunca decretou lockdown, mas fez uso da tecnologia para empregar sistemas inteligentes de prevenção de doenças como parte da implementação de várias políticas inovadoras com experiência em outras pandemias e cidadãos cooperativos com espírito democrático para garantir o cenário tranquilo atual.

Foto: Unsplash

O país desenvolveu um kit de teste rápido que poderia produzir resultados em 15 minutos, suscitando amplo interesse na transferência de tecnologia entre outros países asiáticos. Além disso, encorajou institutos de pesquisa domésticos e empresas de biotecnologia a acelerar a pesquisa e a produção de vacinas. Ao coordenar os pontos fortes profissionais de seus setores de Tecnologia da informação e Comunicação (ICT, sigla em inglês), biotecnologia e saúde, Taiwan está fazendo sua parte para forjar um futuro mais brilhante para o desenvolvimento global de vacinas.


O sucesso de Taiwan em conter a COVID-19 é atribuível ao seu sistema de saúde sólido e abrangente e capacidades médicas de classe mundial. Em 2021, o banco de dados global de crowdsourcing Numbeo classificou Taiwan como 1º lugar em seu Índice de Cuidado de Saúde pelo terceiro ano consecutivo. Desde o início da COVID-19, a tremenda capacidade médica e de saúde de Taiwan e a forte capacidade de pesquisa têm sido evidentes.


Em países ao redor do mundo, a pandemia da COVID-19 abalou os sistemas econômicos e governamentais em sua essência e alterou irrevogavelmente o futuro da humanidade. No entanto, Taiwan viu seu PIB subir 2,98% em 2020. Como um parceiro-chave na reestruturação das cadeias de suprimentos globais na era pós-pandemia, Taiwan alavancará sua competitividade industrial para promover a cooperação internacional em prevenção de doenças, medicina e saúde digital.


Taiwan ainda não é membro da Organização Mundial da Saúde (OMS), com o espírito de desempenhar um papel profissional, pragmático e construtivo, Taiwan continua comprometida em buscar sua participação institucionalizada na OMS.

Representante de Taiwan no Brasil, Sr. Chang Tsung-Che

O representante de Taiwan no Brasil, Sr. Chang Tsung-Che diz que desde o começo da pandemia, Taiwan já recebeu apoio de diversos líderes políticos para que seja aceita na OMS, de países como Japão, Canadá, EUA e Nova Zelândia, além de deputados do Parlamento Europeu. Tendo ficado anteriormente isolado e desamparado durante inúmeras epidemias, Taiwan percebe ainda mais a importância do apoio mútuo e deseja trabalhar lado a lado com a OMS e outras nações para superar esses desafios formidáveis.

12 visualizações0 comentário