top of page
  • Wiliam e o Mundo

Em 2023 o Festival retorna ao Brasil com um imaginário de férias e de viagem pela Itália



8 ½ Festa do Cinema Italiano comemora sua 10ª edição no Brasil entre 22 a 28 de junho, com uma programação especial, que convida o espectador a embarcar em uma verdadeira viagem pela Itália e traz os melhores filmes italianos dos últimos anos, a maioria inéditos nas salas de cinema brasileiras. Nesta edição, o Festival chega a 18 cidades: São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Brasília, Vitória, Salvador, Fortaleza, Aracaju, Recife, Maceió, Natal, Porto Alegre, Florianópolis, Curitiba, Campinas, Niterói, Búzios e Volta Redonda.


Em paralelo, é apresentado o ciclo "A GRANDE ARTE NO CINEMA", com nove documentários de produção italiana dedicados às artes visuais e aos grandes artistas de todos os tempos. Uma oportunidade única para apreciar, na telona e em alta definição, os trabalhos dos artistas mais famosos da história, bem como conhecer todos os segredos por trás das suas obras.

Filmes em destaque

"Sergio Leone - O Italiano que inventou a América" - O documentário homenageia o cineasta visionário mais conhecido como uma das figuras fundadoras do sub gênero "western spaghetti" e seu legado para a sétima arte. O longa conta com depoimentos emocionantes de Clint Eastwood, Martin Scorsese, Dario Argento, Steven Spielberg, Quentin Tarantino, Jennifer Connelly, além de outros grandes nomes do cinema, além de imagens raras do próprio Leone, que fala de sua vida, trabalho, inspiração e paixão pelo cinema.


"Nostalgia" - Em pré-estreia brasileira, o filme Seleção Oficial em Competição no Festival de Cannes 2022 vê o ator Pierfrancesco Favino no papel de Felice Lasco. Depois de vários anos vivendo no Egito, ele retorna à sua Nápoles natal para reencontrar a mãe idosa que ele havia abandonado sem aviso quando era ainda adolescente.


"Jogada de amor" - Uma história de amor que revisita o êxito do cinema francês "De Carona para o Amor" (2018), uma história que, por meio do humor, aborda temas tão pertinentes como o capacitismo e o machismo, e recebeu também os prêmios Nastro D'Argento 2022 de Melhor Comédia e de Melhor Atriz de Comédia para Miriam Leone.


Interdito a cães e italianos“ - Agraciado com o Prêmio do Júri no prestigiado Festival de Annecy, é o representante de animação na programação, do diretor Alain Ughetto. No longa, o imaginário terno e singelo do autor se cruza com uma forte composição histórica, se relacionando com a história dos antepassados do realizador, Luigi e Cesira Ughetto, provenientes da região de Piemonte, na Itália, e forçados a emigrar.


"A viagem de Papa Francisco" - Do premiado documentarista Gianfranco Rosi, é um filme de dimensões assumidamente existencialistas que cria e multiplica um valioso diálogo entre as viagens do Papa e o estado do nosso mundo. No documentário, Gianfranco Rosi traça um curioso paralelo entre seu percurso cinematográfico e as viagens do Papa Francisco. Instigado pelo facto de duas das viagens do Papa - a primeira aos refugiados que desembarcam em Lampedusa; a segunda, em 2021, ao Oriente Médio - espelharem de tão perto os itinerários dos seus filmes "Fogo no Mar" (nomeado ao Oscar) e "Notturno", o diretor premiado Gianfranco Rosi propõe-se a ir no encalço do atual líder mundial da Igreja Católica. Filme estreado no Festival de Veneza.


"Onde a vida começa" - Primeiro longa-metragem de Stéphane Freiss como realizador, onde sob o sol abrasador da Apúlia, um agricultor, vivido por Riccardo Scamarcio, e a filha de um rabino descobrem que a sua história está ainda por ser escrita.


"Mundo Cão"- Flme que marca a estreia de Alessandro Celli no cinema. Uma história pós-apocalíptica de violência, crueldade e inocência perdida, com Alessandro Borghi, conhecido pelo grande público por ser o protagonista de séries como "Suburra" e "Devils".


"A Estranha Comédia da Vida" - Um imponente Toni Servillo interpreta o escritor e dramaturgo italiano Luigi Pirandello dominado por uma crise criativa e em viagem à Sicília. Em 2023 o longa recebeu o David di Donatello de Melhor Roteiro Original (Roberto Andò, Ugo Chiti, Massimo Gaudioso), de Melhor Produção (Angelo Barbagallo, Attilio De Razza), de Melhor Cenografia (Giada Calabria, Loredana Raffi) e de Melhor Figurino (Maria Rita Barbera).

Ciclo "A GRANDE ARTE NO CINEMA"

“Caravaggio - A Alma e o Sangue”, de Jesus Garces Lambert, Itália, 2018

“Michelangelo – Infinito”, de Emanuele Imbucci, Itália, 2017

“Klimt & Schiele - Eros e Psique’, de Michele Mally, Itália, 2018

“Eu, Leonardo da Vinci”, de Jesus Garces Lambert , Itália, 2019

“Tintoretto - Um Rebelde em Veneza”, de Giuseppe Domingo Romano, Itália, 2019

“Van Gogh, Entre o Trigo e o Céu”, de Giovanni Piscaglia, Itália, 2019

“Monet - Magia de Luz e Água”, de Giovanni Troilo Itália, Itália, 2018

“Gauguin no Taiti - O Paraíso Perdido”, de Claudio Poli, Itália, 2019

“Hitler vs Picasso - A Obsessão Nazista pela Arte”, de Claudio Poli, Itália, 2018

Confira os filmes no site do evento www.festadocinemaitaliano.com.br


O 8 ½ Festa do Cinema Italiano é um evento organizado no Brasil pela Associação Il Sorpasso e Risi Film Brasil e com apoio e promoção dos Institutos Italianos de Cultura do Rio de Janeiro e de São Paulo, com o suporte institucional da Embaixada da Itália e da rede diplomático-consular italiana no Brasil. O evento é realizado com o patrocínio da Generali Seguros, Folha de São Paulo, Canal Curta!, Papo de Cinema, Comunità Italiana e Arte 1.

Comments


bottom of page