• Wiliam e o Mundo

Ministro dos Negócios Estrangeiros Toshimitsu Motegi discursa no 75º aniversário da ONU


Por ocasião do 75º aniversário das Organizações das Nações Unidas (ONU) o Ministro dos Negócios Estrangeiros do Japão, Toshimitsu Motegi, fez um importante discurso enaltecendo o papel fundamental que a ONU exerce na comunidade internacional. O Ministro também lembrou a importância que os Estados-Membros têm na manutenção dessa organização. Segundo Toshimitsu Motegi, é importante tomar medidas sérias em estreita coordenação com as organizações da ONU a fim de reformar a ONU para a era pós-COVID. O Japão deseja que essa reforma avance ainda mais este ano, declarou o Ministro.


Leia o discurso do Ministro dos Negócios Estrangeiros do Japão, Toshimitsu Motegi na íntegra:


Senhor Presidente, Excelências,


Setenta e cinco anos se passaram desde a fundação das Nações Unidas. O mundo mudou dramaticamente. As crises que temos de enfrentar, por meio do multilateralismo, estão se expandindo em diversidade e escala. COVID-19 é um bom exemplo. O papel crucial da ONU para unir a comunidade internacional nunca foi tão necessário.


Nós, os Estados-Membros, não podemos ser complacentes com o status quo. Em vez disso, precisamos tomar medidas sérias, em estreita coordenação com as organizações da ONU a fim de reformar a ONU para a era pós-COVID. O secretário-geral Guterres tem liderado os esforços para tornar a ONU ainda mais eficaz. O Japão deseja que essa reforma avance ainda mais neste ano. Nesse sentido, a reforma do sistema de desenvolvimento da ONU é fundamental para garantir que os mais vulneráveis não sejam deixados para trás.


Por uma ONU mais forte, a reforma do Conselho de Segurança não pode esperar mais. Lamento dizer que, hoje, o sistema designado há setenta e cinco anos não cumpre plenamente os propósitos da Carta da ONU. Estou convencido de que os Estados-Membros com capacidade e disposição para assumir responsabilidades importantes devem ter assentos em um Conselho de Segurança ampliado. Só então o Conselho será revivido como um órgão efetivo e representativo. O Japão está totalmente preparado para cumprir suas responsabilidades como um membro permanente do Conselho de Segurança e contribuir para garantir a paz e a estabilidade do mundo. Na Declaração desta Reunião de Alto Nível, comprometemo-nos a dar uma nova vida às discussões sobre a reforma do Conselho de Segurança. Para cumprir esse compromisso e dar um passo a frente, apelo a todos os Estados-Membros para que iniciem negociações baseadas em texto.


Senhor presidente,


Este ano também marca o septuagésimo quinto aniversário dos bombardeios atômicos de Hiroshima e Nagasaki. Devemos ter em mente que a ONU foi fundada “para salvar as gerações vindouras do flagelo da guerra”. O Japão não mede esforços para atingir essa meta no futuro. O futuro que queremos. Vamos construí-lo juntos.


Obrigado.


Fonte: Embaixada do Japão

6 visualizações0 comentário