• Wiliam e o Mundo

Sistema de Saúde Sérvio está preparado para enfrentar pandemia garante a Chefe de Missão da Sérvia



Via Claudia Godoy - Bacuri Notícias


A eficiência no combate ao novo coronavírus e as reformas, implementadas desde 2014 foram essenciais para o equilíbrio da economia sérvia. Com exceção da Grã Bretanha, os sérvios foram os primeiros na Europa a iniciar a vacinação contra o Covid-19. "O Ministério da Saúde da República da Sérvia confirmou o primeiro caso de covid-19, em 06 de março de 2020 e já em 19 de março de 2020 foi declarada epidemia", afirmou Jelena Blazevic, Chefe de Missão da Embaixada da Sérvia no Brasil.


Segundo a Chefe de Missão, a Sérvia, como outros países do mundo, deparou-se com grandes desafios, antes de tudo sanitários, e todos os fatores do país se concentraram na prevenção da propagação do vírus e na preservação da vida e da saúde dos cidadãos. "Diante destes desafios, a Sérvia os enfrentou melhor do que muitos países mais ricos e desenvolvidos da Europa e do mundo. O sistema de saúde está preparado para esse trabalho", garantiu Blazevic, numa entrevista que é uma aula de boa administração.



A Sérvia recebeu 4,7 mil doses da vacina do consórcio Pfizer BioNTech em dezembro do ano passado, e receberá até o fim de janeiro outras 16 mil doses. Junto com outras vacinas, os sérvios terão um total de um milhão de doses em janeiro, e um total de cerca de dois milhões de doses no primeiro trimestre. "Esperam-se vacinas das empresas Astrazeneca, Moderna e certas quantidades da russa Sputnik V", garantiu a Chefe de Missão da Embaixada da Sérvia. A primeira-ministra, Ana Brnabić, foi a primeira a tomar a vacina.

Primeira-Ministra da Sérvia, Ana Brnabić. Foto: Divulgação

Na República da Sérvia a vacinação em massa da população começou em 19 de janeiro. Foi estabelecido um sistema de monitoramento de cada vacina em estoque, bem como o registro de cada pessoa vacinada nos registros centrais. Brnabić, destacou que a Sérvia, é um dos primeiros países no mundo que tem vacinação em massa, além do Israel e dos Emirados Árabes Unidos.


Em relação a economia, pelos dados citados pelo Presidente, Aleksandar Vučić, a Sérvia teve um grande crescimento econômico no ano passado, e é um líder europeu no crescimento econômico, sendo que isso foi possível graças às medidas das reformas adotadas desde 2014 e a rápida abertura do país após a primeira onda do coronavírus. O presidente enfatizou que 10 hospitais foram renovados no país, e que dois hospitais foram construídos do zero em apenas quatro meses.


A Sérvia, nos próximos anos, busca atrair mais investidores estrangeiros para o país, bem como estimular e fortalecer a economia nacional. A Sérvia esta aberta pra fortalecer os laços com os seus países amigos como o Brasil, e para criar parcerias novas. Há muitas possibilidades para aprofundar a cooperação bilateral e internacional nas áreas do turismo, TI, indústria automotiva, entre outras áreas.



12 visualizações0 comentário

Patrocínio:

AUTOHAUS

© 2020 por Wiliam e o Mundo

®